‘Emagrecer e engordar’, Pesquisa aponta os riscos de quem sofre efeito iô-iô

6th Janeiro 2017   ·   0 Comments

Segundo estudo, quem passa por esse engorda e emagrece constante tem mais chances de morrer depois de um ataque cardíaco. Veja detalhes

Você consegue emagrecer um pouco, mas logo depois volta a engordar. E continua nesse ciclo, mesmo sem chegar à obesidade, sofre com o efeito iô-iô. Segundo pesquisa recente, isso traz diversos riscos à saúde e está relacionado a problemas no coração e até morte súbita.

Ficar no efeito iô-iô%2C de emagrecer e engordar%2C pode ser muito arriscado para a saúde

Ficar no efeito iô-iô, de emagrecer e engordar, pode ser muito arriscado para a saúde

Foto: Creative Commons

De acordo com estudo apresentado pela Associação Americana do Coração, quem passa por esse ciclo de emagrecer e engordar tem três vezes mais chances de morrer com um ataque de coração do que aqueles que conseguem manter o peso. É a primeira vez que essa relação é apontada em uma pesquisa.

“Nosso estudo mostra que o risco aumenta naqueles que já passaram por esse efeito iô-iô mais de quatro vezes”, afirma Somwail Rasla, médica e pesquisadora do Hospital Memorial de Rhode Island, da Universidade de Brown, nos Estados Unidos.

Estudo e resultados

Pesquisadores da universidade norte-americana analisaram mais de 158 mil mulheres entre 50 e 79 anos por 11 anos. Elas foram questionadas sobre as mudanças de peso e divididas em quatro grupos: peso estável, ganho de peso constante, perda de peso e ciclo de engordar e emagrecer.

Ao final do estudo, profissionais procuraram alguma relação entre o efeito sanfona e morte por ataque cardíaco. Quem estava acima do peso ou mesmo obesa não sofreu tanto impacto, mas quem passou pelo engorda x emagrece dentro de um peso considerado normal teve um resultado alarmante.

As pessoas desse grupo têm 3,5 chances a mais de uma morte súbita – dentro de uma hora – após um ataque do coração em comparação com quem mantém o peso. Elas também têm 60% de chance a mais de morrer no hospital no caso de um ataque.

Mais estresse ao corpo

Somwail Rasla explica esse resultado. Segundo a médica, quando engordamos, aumentam os riscos de problemas cardíacos, como pressão alta e taxa elevada de glicose. Com o tempo, o corpo tenta se ajustar ao novo peso. Entreanto, Rasla diz que o com o efeito sanfona, o corpo não tem tempo de fazer tais ajustes.

Além disso, a médica fiz que a mudança constante no peso pode provocar alteração no DNA. Ela fala que foram feitos testes em ratos e eles apresentaram essa alteração.

O caminho, segundo especilistas, é buscar uma dieta equilibrada e tentar emagrecer de forma saudável e constante. Uma indicação é buscar a reeducação alimentar e tentar cortar calorias de maneira gradativa. O resultado pode ser mais demorado do que uma dieta radical, mas será duradouro e será melhor para seu coração.

Readers Comments (0)