Honda grande chega importado para poucos

7th março 2016   ·   0 Comments

Veículo surge com o conforto e a tecnologia como apelos

São Paulo – Diferente da presença avassaladora dos companheiros de gama, o Honda Accord ganhou uma repaginada visual para uma sobrevida no mercado brasileiro. É oferecido em versão única, EX, com motor V6 3.5 litros de 280 cv de potência e 34,6 kgfm de torque, mais câmbio automático de seis velocidades com opção de trocas por aletas no volante e tração dianteira. Custa R$ 156.300.

Nos retoques, destaque para a nova frente, com conjunto ótico todo em LED – a frente lembra um pouco o novo Civic -; as rodas de 18 polegadas e a parte traseira com lanternas dotadas de mesma tecnologia de iluminação. A Honda fala também em ajustes no sistema de suspensão, com amortecedores retrabalhados (em razão das rodas maiores, pois antes eram 17″).

As linhas previsíveis e comportadas lembram as do novo Civic que está para chegar. Motor do japonês é um V6 de 280 cv e o câmbio AT6

As linhas previsíveis e comportadas lembram as do novo Civic que está para chegar. Motor do japonês é um V6 de 280 cv e o câmbio AT6

Foto: Divulgação

Um recurso interessante no grande sedã é o recurso de desligamento de cilindros para economia de combustível. Em ciclo urbano e brandas velocidades, o Accord opera somente com três cilindros. Uma exigência maior de aceleração e o restante do conjunto é acionado.

A lista de equipamentos do modelo foi incrementada com sensor de estacionamento dianteiro, rebatimento elétrico dos retrovisores, partida remota pela chave, câmera monitora de ponto cego, central multimídia que se comunica com smartphones via Android Auto e Apple CarPlay, além de um sofisticado sistema de controle de ruído interno.

IMPRESSÕES

Testamos o Accord 2016 em um trecho predominantemente rodoviário, logo deixando a capital paulista rumo a Indaiatuba, no interior. O que mais impressiona no carro é o silêncio na cabine, a completa ausência de barulho do motor quando se tocando de forma civilizada. Parece um carro elétrico. O sistema de controle de ruído usa os alto-falantes para emitir frequências que atenuam o barulho, mesmo se o som estiver desligado. Um recurso extraordinário para combater a poluição sonora das metrópoles. Formidável de fato.

Ademais, o V6 é vigoroso para acelerar o grande sedã e emite um ruído bacana ao atochar o pé no acelerador. As aletas no volante chegaram bem vindas para melhorar a experiência de dirigir a nave, composta por espaço interno satisfatório para todos e assentos confortáveis.

A lista de equipamentos é um revés no japonês, uma vez que o segmento esbanja avançadas tecnologias de assistência ao motorista, boa parte delas fora do Accord, como o park assist por exemplo, que seria bem apropriado para estacionar o grandão.

Readers Comments (0)