Se a Marvel me quiser, me tem, diz Chris Evans

8th setembro 2015   ·   0 Comments

Chris Evans, hoje mais conhecido pelo papel do Capitão América dentro do universo Marvel, está lançando seu primeiro filme como diretor: “Before We Go”, que será lançado simultaneamente nos cinemas e via VOD essa semana.

Para a divulgação, ele conversou com um repórter do Collider sobre uma questão central em sua carreira: ele seguirá como ator ou optará por abraçar apenas projetos como diretor? Muito desse questionamento vem do fato de ele mesmo ter declarado que não tinha interesse em seguir atuando depois de seu contrato com a Marvel chegar ao fim. Mas as coisas mudaram, pelo jeito.

Image chris-evans-capitao-int.jpg

Evans em “O Soldado Invernal” (Divulgação / Marvel)

Em tese, as obrigações de Evans terminam ao final de “Os Vingadores: Guerra Infinita – Parte 2″, o que quer dizer que, com “Capitão América: Guerra Civil”, faltariam três filmes para nos despedirmos dele. Mas talvez não seja algo assim apressado:

Olha só, se a Marvel me quiser, ela me tem. Nunca tive um relacionamento no qual você tenha tanta… quero dizer, olha meu currículo, estou acostumado a entrar no set e ficar tipo: ‘Ah, esse filme vai ser terrível?’ E a Marvel não consegue parar de fazer grandes filmes, eles fazem enquanto estão dormindo. São diretores, produtores, roteiristas e atores maravilhosos. É tipo um playground para um ator.

A declaração é mais significativa quando lembramos que Evans foi um dos atores que mais relutaram para assinar o contrato com a Marvel. Tudo justificável, considerando que apenas “O Cavaleiro das Trevas” e “Homem de Ferro” fora sucessos absolutos de bilheteria.

É tão maluco que eu tenha ficado tão receoso, no começo, de pular no navio. Que babaca eu seria se não tivesse feito isso. Quero dizer, você pode imaginar? Sair disso? Eu nunca me perdoaria.

“Capitão América: Guerra Civil”, próxima aventura de Evans usando o uniforme azul, chega aos cinemas brasileiros no dia 28 de abril.

Readers Comments (0)





Publicidade

Pesquisar