É primavera! 3 dicas para fazer renascer o ser criativo que existe em você

23rd setembro 2015   ·   0 Comments

Com a chegada da nova estação, que traz o renascimento da natureza, encontre a criatividade esquecida em você. “Para ser criativo você só precisa ser mais natural”, garante especialista

“Não sou criativo”. Você provavelmente já falou ou já ouviu essa frase. Mas será que ela realmente condiz com a realidade? “Existe um mito muito comum de que poucas pessoas são criativas. Isso não é verdade. Por exemplo, em tibetano não existe uma palavra para criatividade ou ‘ser criativo’: a tradução mais próxima é ‘ser natural’. Em outras palavras, para ser criativo você só precisa ser mais natural”, explica a psicoterapeuta e líder-coach Maura de Albanesi, que atua há mais de 30 anos.

Deixe reflorescer o ser criativo que existe em você

Deixe reflorescer o ser criativo que existe em você

Foto: Thinkstock Photos

Segundo a psicoterapeuta, ser criativo não está ligado a capacidade artística ou a ter milhares de ideias e sim uma ideia única que muda tudo ou encontrar uma solução superprática para o problema que você enfrenta.

“Esquecemos que lá atrás, no jardim da infância, todos nós fomos criativos. Todos nós brincamos, experimentamos e testamos ideias estranhas sem ter medo nem vergonha. Ainda não tínhamos aprendido a não fazer isso, já que o medo da rejeição social é algo que só aprendemos com a idade. E isso explica como é possível reconquistar a nossa capacidade criativa com tanta rapidez e intensidade, mesmo décadas depois”, destaca.

Esse medo de rejeição atua como uma censura que nos faz acreditar que não somos bons nem criativos o suficientes. “E nesse sentido a ideia de criatividade está diretamente ligada à prosperidade.”

Criatividade adaptativa

A líder-coach ressalta que todos têm criatividade, principalmente a criatividade adaptativa. “O que talvez você ainda não saiba é como usar. E a criatividade adaptativa é quando você analisa quais os recursos que tem, faz uma lista de possíveis soluções e escolhe a melhor delas.”

Ela explica: “Por exemplo, tenho uma bota. Essa bota serve para mim como um calçado, obviamente. Mas eu posso usá-la também para servir de calço para uma porta ou matar uma barata. Esse último caso é mais comum e você provavelmente já fez: então em algum momento você usou da sua criatividade adaptativa, aproveitando os recursos que tem para adaptar à necessidade. Com essa criatividade, você amplia o rol de possibilidades e abre a sua mente.”

3 dicas fundamentais

1. Acredite: há um ser criativo dentro de você
“Criatividade não é um talento raro, a ser usufruído por poucos sortudos ou ‘escolhidos’. É uma parte natural do pensamento humano e para chegar até ela, você só precisa pensar.”

2. Liberte-se da censura
“Após pensar, coloque no papel seus pensamentos — até os mais absurdos. E não tenha medo de colocá-los em pauta. São as ideias incomuns que trazem grandes resultados.”

3. Não acredite que as circunstâncias só te dão uma opção
“Afaste-se do pensamento negativo de que certo problema só te dá uma solução. A maioria dos problemas da vida não é um ‘checkmate’. Pense melhor e adapte-se ao que é possível.”

Readers Comments (0)