Amamentar, desafio para mães de primeira viagem

14th setembro 2015   ·   0 Comments

Drama de musa fitness, vivido por milhares, pode ser amenizado com orientações

Toda mãe sonha em amamentar seu bebê e viver este momento mais natural e instintivo da maternidade. Mas, para algumas mulheres, amamentar está longe de ser algo fácil. Um estudo recente revelou que 40% das mães com dificuldade para amamentar interrompem o período de amamentação exclusiva (até seis meses) antes da hora.

Na última semana a musa fitness Bella Falconi, de 30 anos, admitiu em sua conta no Instagram que está com dificuldades para amamentar a pequena Vicky, de apenas 13 dias. O caso dela não é um fato isolado.

Bella Falconi revelou dificuldades para amamentar a pequena Vicky

Bella Falconi revelou dificuldades para amamentar a pequena Vicky

Foto: Reprodução/Internet/Jornal O Dia

“Marinheira de primeira viagem”, Vanessa Tavares, 32, adorava a ideia de amamentar, mas já nas primeiras horas após o nascimento do filho, Bento, teve dificuldade.

“Não saía nada e meu filho só chorava de fome, era angustiante”, contou. Os dias que se seguiram também não foram fáceis para ela. Com uma semana tudo o que saía era colostro, um líquido amarelado e quase transparente, que é produzido pela mama, antes do leite materno propriamente dito. Ele é muito rico em proteínas, água e gorduras essenciais, nutricionalmente adaptado às necessidades do recém-nascido.

“Foi muito frustrante não poder alimentá-lo como eu queria, me senti incapaz, mas como sempre foi um sonho e sei que é importante para o bebê, não desisti. Depois de duas semanas meu leite começou a sair, foi emocionante”, disse Vanessa, que ainda amamenta o pequeno Bento, de 11 meses.

A nutricionista Eveline Duarte, especializada em nutrição materno-infantil, resolveu apostar em um serviço especializado que ajuda as mães na fase de amamentação e dá dicas que podem facilitar este processo.

“Vou até a casa da gestante e dou informações e dicas de como amamentar de forma prazerosa e com sucesso no aleitamento exclusivo, sem uso de complementos. Ajudo a mãe que já está amamentando e está vivenciando momentos de dúvidas e desconfortos. Observo a mamada para identificar problemas e traçarmos métodos de como prosseguir nesse momento”, explica.

Dicas para mamada saudável

Dieta da mãe

A alimentação balanceada, focada em nutrientes e sem excessos nem álcool, é a recomendada. Beber água é importante, pois aumenta o volume de leite. Não há dados científicos de que os alimentos que a mãe ingere tenham influência nas cólicas dos bebês.

Postura adequada

A mais tradicional é a que a mãe está sentada, numa poltrona confortável, de preferência com braços, e banqueta para apoio dos pés. Utilizar um travesseiro para apoiar o braço e o bebê, de maneira que este fique na altura da mama. O corpo do bebê deverá estar junto ao da mãe, barriga com barriga.

Tempo de mamada

O ideal é a livre demanda até que o bebê se adapte aos horários. Esse intervalo acontece a cada duas ou quatro horas.

Bicos artificiais

Não há comprovação de que os bicos de silicone sejam seguros para a manutenção da amamentação. Por isso, seu uso deve ser limitado.

Cuidados com mamas

É aconselhável banho de sol nas mamas de 10 a 15 minutos sem roupa, e fazer massagens circulares antes e depois de cada mamada. Observe a pegada do bebê e passe sempre um pouco do próprio leite após a mamada.

Readers Comments (0)